Anúncios

provébios

Provérbios Japoneses

“Um coração alegre faz

tanto bem quanto os remédios.”

“Caia sete vezes, mas levante-se oito.”

“Se é para buscar abrigo, que seja sob uma árvore grande.”

“Se quiser conhecer um cavalo, monte nele; se quiser conhecer uma pessoa, conviva com ela.”

“O macaco também cai da árvore.”

“Endireite o galho enquanto a árvore é nova.”

“Saber lidar com o oponente, em vez de desafiá-lo.”

“As dificuldades são como as montanhas. Elas só se aplainam quando avançamos sobre elas.”

“Cutuque o arbusto e uma cobra dele sairá.”

“Pouco se aprende com a vitória, mas muito com a derrota.”

“Já que vai ser cachorro, seja um cachorro de um grande dono.”

Anúncios

love 02

triste

Contra meu amor será como eu sou agora,
Com a mão prejudicial do tempo esmagada e destruída;
Quando as horas drenaram seu sangue e preencheram sua testa
Com linhas e rugas; quando sua jovem manhã
Viajou para a noite escarpada da idade;
E todas aquelas beldades das quais agora ele é rei
Estão desaparecendo ou desapareceram da vista,
Tirando o tesouro de sua primavera;
Por esse momento, agora fortaleço
Contra a faca cruel da idade confusa
Que ele nunca deve cortar da memória
A beleza do meu doce amor, embora a vida do meu amante:
Sua beleza deve ser vista nessas linhas negras,
E eles viverão, e ele neles ainda verde.

 

UMA HISTORIA PRA PENSAR

Dona margarida que vivia tomando conta da vida dos outros comentou para o marido que quando voltava de comprar o pão um homem muito simpático entrou correndo na casa de dona Vera esbarrando nela e nem pediu desculpas:
_ Que mal educado.
O marido de dona margarida que era muito amigo do marido de dona vera logo telefonou-lhe contando o fato e este em desespero correu para casa e num ímpeto de ciúme deu um tiro em dona vera que assustada havia aberto a porta para que ele entrasse. Vendo a esposa morta ensangüentada em sua frente lagrimas rolavam em seu rosto.
Nesse momento lembrou-se da filhinha que deveria estar no quarto dormindo e dirigiu-se para lá desesperado pensando que havia acabado de deixar a filha sem mãe e que ele perdera a mulher que tanto amava. Ao entrar deu de cara com um rapaz muito simpático que sentado na cama de sua filhinha de 2 anos falou calmamente:
_ Dona Vera não precisava ter telefonado para o senhor, ela me ligou em tempo e vim correndo, a menina esta fora de perigo, esta respirando tranquilamente. Foi só um ataque de asma muito forte ainda bem que sua esposa agiu rápido porque sua filha sem o medicamento que apliquei poderia ter morrido mesmo de falta de ar.
Desculpe não me apresentei sou o pediatra da sua filha, ainda não nos conhecemos. Dona Vera costuma ir sozinha quando a leva a menina ao consultório.


Obs.: Nunca sabemos a extensão dos problemas que podemos causar ao comentar assuntos impensadamente.
Desculpa do fofoqueiro: “Eu só estava comentando”

%d blogueiros gostam disto: