Anúncios

O padre e a onça

O padre e a onça

Um padre estava passeando pela floresta, admirando toda aquela beleza natural. Olhava as árvores, as flores, os pássaros e muitos animais belíssimos que por ali faziam festa naquela manhã de outono. Pensava em Deus e em sua maravilhosa criação e o agradecia por poder estar ali vivenciando tudo aquilo. De repente, quando menos esperava, deu de cara com uma onça que o espreitava por detrás de um arbusto. O felino, que dava mostras de estar muito faminto, soltou seu estrondoso miado e partiu correndo na direção do padre. Ele, quando viu que a onça não estava de brincadeira, saiu em disparada correndo, mas por mais que corria a onça corria mais do que ele e já estava quase o alcançando, quando ele teve uma brilhante idéia religiosa. Parou, ajoelhou-se, ergueu as mãos para o céu e começou a rezar:

– Senhor meu Deus, faça com que essa onça tenha o mínimo de princípios cristãos!

Então, sua prece foi atendida e um milagre parecia estar acontecendo. Para sua grande surpresa, a onça parou abruptamente a poucos metros dele. Ela se sentou sobre as patas traseiras e erguendo as patas da frente para o alto também começou a rezar:

– Oh! Senhor, eu, esta sua filha velha e cansada, vos agradeço por este saudável alimento que acabas de me conceder e por não me fazer correr mais atrás dele…

Anúncios
Meu-postador